quinta-feira, 2 de abril de 2009

Rampas de acesso à calçada (aqui em Minas, passeio)

Se tem uma coisa que irrita mais um deficiente na cidade do que utilização de vaga reservada por pessoa não deficiente é o bloqueio das rampas de acesso por carro. Li no blog "Assim como você" o relato revoltante do Jairo sobre um "espertinho" que estaciona TODO DIA seu carro em frente a uma rampa de acesso em São Paulo (foto acima). Nos comentários dá pra sentir o quanto as pessoas se irritam com isso.
Eu passei por isso recentemente, fui levar o sobrinho da minha namorada ao zoológico, e logo ao chegar perguntei ao atendente da guarita onde tinha vaga exclusiva e o "delicado" respondeu "tá cheio de placa por aí." De fato havia várias placas, vários locais exclusivos ao longo do zoo, mas não custava ao infeliz me indicar a mais bem localizada, perto das principais atrações, principalmente porque o lugar é enorme, cheio de morros e jaulas em elevações. Tudo com acesso, bonitinho, até que a pessoa resolva atravessar a rua. Vi somente uma ou duas rampas não bloqueadas por carros. Nessa hora uns dizem "é gente simples, não faz por mal, deve ser falta de informação". Não conheço muita gente simples que tem um Fusion nem um Corolla, dois "exemplos" estacionados em frente às rampas.
Isso é um problema complicado, a pessoa que vê isso pode ligar para a empresa de transporte da cidade (BHTrans aqui em BH) e denunciar, eu mesmo faço muito isso, mas nunca o pessoal chega a tempo de multar ou (muito menos) rebocar o infrator. A maioria diz que não viu que tinha a rampa, já que ela fica do lado do passageiro, escondida no meio fio, difícil de visualizar. Uma solução interessante, pelo menos pra ficar mais visível, achei no site da cidadede São Miguel do Tapuio, cidade de menos de 20 mil habitantes no Piauí, e deveria ser copiada pelas demais cidades brasileiras. Veja só os acessos de lá:
Pelo menos acabaria com a desculpa do "não vi", e acredito que fará o "espertinho" pensar duas vezes, pois a exposição é muito maior. Mas o que falta mesmo é vergonha na cara do sujeito que para o carro em frente à rampa. Outra desculpa que ouço é "quase ninguém usa, pode ver durante o dia quantas vezes a rampa é utilizada". Mas pergunta pra ele se pararia em frente a uma rampa de garagem? Usa muito pouco, tem dias que nem é usada, mas HÁ a necessidade, pois num determinado momento será útil, e a pessoa não se beneficiará de um DIREITO seu.
O negócio é respeitar pra ser respeitado.

8 comentários:

  1. Alê, é algo meio impressionista isso que vou dizer, mas muitos "malacabos" concordam comigo: carrões desrespeitam muito mais o nosso direito à vaga exclusiva do que os "Fiat 147". E por quê? Avalio que é a noção da impunidade que o carra do "Fuzião" tem arraigada. Esse é o mesmo cara que fura o farol, que maltrata a doméstica, que chuta cachorro na rua. E é por isso que eu quero reunir o maior número de pessoas pra tentar ajudar essa gente a fazer algo simples: refletir sobre a vida, sobre cidadania, sobre respeito ao direito do outro! Abração

    ResponderExcluir
  2. Oi adorei teu post!!é verdade tem um bando de abobado por aí,estacionando errado,por isso q meu marido é ignorante,coloca no meio de 2 vagas de normais p eles não colarem em nós,já q eles colocam sempre nas nossas vagas!!bjs Aldrey tbm tenho um blog mas sou amdora ainda,to colocando como anonimo pq sempre da problema pela minha conta!aldreylaufer.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, andei fuçando seu site e embora não seja cadeirante também concordo com vcs. Eita pessoal mal educado, sem respeito ao próximo, colocam seus carros sem a menor cerimônia nas vagas destinadas à idosos e cadeirantes, sempre vejo isso e fico indignada.Não há lei que impeça isso? Alguma multa? Pq o pessoal só respeita quando mexem no bolso dele. abraços gente
    Carmen
    k2004@uol.com.br

    ResponderExcluir
  4. Estamos construindo rampas para cadeirantes em nosso condomínio, e gostariamos de saber quais as normas de medidss para construção, cor da rampa, cor do desenho e cores das linhas.

    ResponderExcluir
  5. OI ALESSANDRO BOM DIA!
    REALMENTE O LIMITE DE UM CADEIRANTE É QUANDO TOPAMOS COM UMA ESCADA.
    PORFAVOR GOSTARIA DE UM PROJETO LEGAL ENSINANDO COMO SE CONSTROI UMA RAMPA.
    TENHA UM BOM DOMINGO.
    ABRAÇOS,
    POETA ANTONIO FAGUNDES
    TETRAPLÉGICO HÁ 32 ANOS.
    SALVADOR- BAHIA- BRASIL
    FAÇA UM MILAGRE ACONTECER!
    http://facaummilagre.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. cs dessem uma olhada neste site e me digam se existe alguma lei que puna que estaciona, trancando a rampa de acesso aos cadeirantes...

    http://saojoaquimonline.com.br/miltonbarao/?p=24232&cpage=1#comment-18008

    ResponderExcluir
  7. Muito bom este artigo, parabéns, usei uma imagem sua para colocar no meu TCC! :D

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...