quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Cadeirantes na praia

Quando estive no Sarah presenciei um auto-preconceito. Estávamos na aula sobre as cadeiras de rodas, modelos, forma de desmontar, essas coisas, quando a instrutora falou que existem cadeiras de rodas próprias para ir à praia, que bóiam e permite até uns mergulhos. Na hora um dos cadeirantes falou: "que praia o que, se eu achar um de vocês na praia dou muita pancada. Que ideia, cadeirante não tem que inventar moda não."
A instrutora tentou explicar que o cadeirante deve pensar justamente o contrário, que é capaz de ir a qualquer lugar, bastam algumas adaptações. Mas o cara era desses radicais e continuou dizendo que quem arriscar vai passar é raiva, e que ia rir muito quando visse uma cadeira atolada na areia.
Nunca mais vi esse cara, apesar de morar aqui em BH, mas acredito que deve estar muito insatisfeito e recluso dentro de casa, sofrendo. Pior que preconceito alheio é o preconceito que a pessoa tem com ela própria. Por achar que vai incomodar, por achar que as pessoas vão ficar olhando, por achar que por estar em uma cadeira de rodas deve ficar em casa, as pessoas não vivem.
Este fim de semana fui a Guarapari, nova morada dos meus pais, e me surpreendi com algumas coisas. De positivo, a orla das praias em que estive está totalmente urbanizada, com calçada larga, boa iluminação (inclusive na praia - foto abaixo) e quiosques de alvenaria. As orlas agora tem bastante espaço para andar ou rodar com segurança, são bem arborizadas e tem lixeiras por todo o trajeto. De negativo, nem todas as esquinas tem rampa e as calçadas são muito irregulares e apertadas em alguns pontos.
Então, porque um cadeirante não pode ir à praia? Estou falando aqui só de passear pela orla ou parar em um barzinho pra comer um peixe e tomar uma cerveja, pois nunca fui muito fã de ficar tostando na areia, mas o banho de mar eu sempre gostei. E se der na telha, vou pro mar, mesmo sem uma cadeira adaptada, desde que não tenha muita onda e nem seja fundo. O problema com essas cadeiras "anfíbias" é o preço, mas nas grandes cidade como o Rio de Janeiro, já há algumas unidades compradas pelas barracas de praia, de acordo com o post que vi no Mão na Roda.
Então meu amigo, não tem essa de ficar em casa não, cadeirante é gente como todo mundo e tem direito de fazer o que gosta, onde quer que seja.

13 comentários:

  1. Adoro praia e gostaria muito de contar com uma dessas cadeiras, ja fui na minha (convencional) e terminei tomando banho de mar e piscina mais de uma vez

    ResponderExcluir
  2. Alessandro, AMEIII seu Blog!
    Cara nunca pensei q alguém pudesse falar de tantas coisas do dia dia de um cadeirante com inteligencia e simplicidade cm vc!
    Cm se vc ja fosse cadeirante a decadas!
    Quase tds os topicos seu de extrema necessidade pra tds!!!
    Parabéns mesmuu!
    Seria muitu se tivesse uma pessoa parecida com vc em kd estado ou ate mesmu em kd pais!
    Valeu mesmu!
    Continue sempre informando a tds!

    Xerão! ^^
    Mariana Maia - João Pessoa - Paraíba

    ResponderExcluir
  3. Essas cadeiras jà estâo a venda ?Onde podemos comprar?

    ResponderExcluir
  4. OLÁ!
    FIQUEI MUITO FELIZ EM ENCONTRAR ALGUÉM ASSIM! QUERO LEVAR MEU PAI QUE É CADEIRANTE NO PRÓXIMO ANO PARA CONHECER O CEARÁ. É O SONHO DELE. COMO CONSIGO ENCONTRAR ESSA CADEIRA ANFÍBIO LÁ? VOCÊ SABE?

    OBRIGADA, PATRÍCIA.

    ResponderExcluir
  5. ADOREI SEU BLOG... APRENDI MUITO COM VC...
    ASS: ANA LUCIA.

    ResponderExcluir
  6. ESTOU ANSIOSA PARA CONHECER ESSA CADEIRA POIS VOU A PRAIA TODO ANO ASS;M.SANTOS DIAS

    ResponderExcluir
  7. gostaria que alguem me ajudasse a comprar as rodas destas cadeiras anfibia para eu colocar na minha, pois não posso comprar a cadeira mea ajudem onde encontrar estas rodas
    franciscocarlospereira@ymail.com
    35-84634814

    ResponderExcluir
  8. Excelente o seu blog. Também sou cadeirante devido ao vírus da Polimiosite. Em maio fui para Porto Seguro e não pude tomar banho de mar. Adorei a novidade da cadeira!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  9. Olá, Sou a Débora e gostaria de saber como faço para comprar esta cadeira.

    Segue e mail abaixo:
    deborinha_ap@hotmail.com

    ResponderExcluir
  10. Eu adorei conhecer a cadeira de praia.Tu sabe onde a gente compra ou aluga essas cadeiras?Se puder me responda

    dudu.tricolortche@hotmail.com
    Obrigado
    Douglas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você pode comprá-la em grandes lojas de produtos para cadeirantes, como a Cavenaghi ou Loja Como Ir, ou no site das fabricantes. Alugar não sei onde, mas há Ongs como a AdaptSurf que deixa você entrar com ela no mar de graça! Abs

      Excluir
  11. OI, SOU CADERANTE Á 5 ANOS E CASADA Á 35 ANOS, ANTES DO MEU ACIDENTE EU E MEU ESPOSO TINHAMOS UM RELACIONAMENTO SEXUAL MARAVILHOSO, DEPOIS DO OCORRIDO ACABOU TUDO! TODO O AMOR QUE ELE TINHA E SENTIA POR MIM SAIU PELA JANELA! ELE NÃO SENTE MAIS NADA POR MIM, ME CINTO TRISTE MAGOADA E SÓ! POR FAVOR ALGUEM PODE ME AJUDAR A MUDAR A MINHA VIDA?...

    ResponderExcluir
  12. Preocupo-me com o que está acontecendo na praia do Guaiúba Guarujá litoral de São Paulo, onde moradores da orla da praia estão fechando todos os acessos a praia pelas ruas laterais, locais onde encontramos lugar para estacionar.Instalaram grandes vasos um muito próximo do outro sobre as calçadas que tem meio fio rebaixado, com isso uma cadeira de rodas não passa, Em dias de muito movimento os únicos locais que encontra-se vagas para estacionar é justamente nas ruas em que o acesso foi restringido, fazendo com que o cadeirante tenha que percorrer um caminho muito longo para chegar a praia. Peço ajuda a vocês para sensibilizamos a Prefeitura da cidade para proibir essa ação.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...