segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Vergonha de sair de casa

Vergonha de sair de casa é um problema que quase todo cadeirante passa. E isso impede a grande maioria de levar uma vida normal e se divertir. Causa depressão e baixa a auto estima. Mas porque os cadeirantes tem tanta vergonha de sair na rua?
Tudo bem que chegar em qualquer lugar em uma cadeira de rodas não é a coisa mais normal nem bonita do mundo. Mas também não é nenhum bicho de sete cabeças, é só um cara que já trouxe sua cadeira (pra um lugar que geralmente todo mundo está sentado). Creio que o maior problema são os olhares das outras pessoas. Aquela cara de quem parece que está vendo um alienígena. Ou cara de pena. Ou pior, a cara de reprovação, como quem diz "o que que essa pessoa está fazendo aqui? Não deveria ficar em casa?" Preconceito é complicado, mas pior que ele é o auto preconceito.
Se o problema são os outros, a solução está dentro da gente. Depende da gente ligar ou não pro olhar das pessoas. E a forma como você encara a situação, como se comporta, pode mudar completamente o olhar das pessoas. Ou melhor, a visão.
Eu sempre encarei numa boa essa situação, nunca liguei pra opinião dos outros. O que importa mesmo é que eu me sinta bem. E quando saio na rua de cadeira de rodas eu sinto orgulho. Orgulho por mostrar que sou capaz. De me divertir, viajar, saborear, beber e fazer quase tudo o que todo mundo faz.
Mas afinal, porque todo mundo olha? Porque estão vendo um problema que você tem, e ficam se questionando uma série de coisas. Mas o fato é que todo mundo tem problemas. Um tem dívidas, outro está acima do peso, outro perdeu o emprego, outro perdeu a mulher... Portanto, se você é cadeirante e tem vergonha, são dois problemas. Deixe que a cadeira seja o único e mostre ao mundo que você ainda tem muitos motivos pra  curtir a vida e se divertir. E ser feliz.

7 comentários:

  1. te admiro muito Sam! lindo texto!! beijos

    ResponderExcluir
  2. Eu confesso q tenho vergonha de encontrar um amigo ou ex q me conheceu andando. Tento muito parar com isso, e estou conseguindo à medida que saio mais e me deparo com as situações que podem acontecer. Obrigada pelo texto. Gosto muito do vc. Lilid.

    ResponderExcluir
  3. Acho que o problema maior é quando vc encontra com pessoas que ainda não sabem que vc ficou cadeirante. Aí , temos que ficar dando explicações... Que saco!!! Eu saio para onde quero! Vou a bares, restaurantes, shows... Tenho meus direitos e os faço valer! Como diz aquele ditado: os incomodados que se mudem, ou aprendam a conviver!
    Um dia desses, passeando pelo shopping, uma tiazinha me olhou com aquela cara de pena e soltou essa: "Coitadinha! Tão bonita e doente desse jeito."
    Entendo que esse tipo de comentário deixa a gente um pouco mal, mas ignorar ainda é a melhor solução! A ignorância das pessoas em relação às nossas deficiências não podem nos afetar!
    Adoro o teu blog e sou tua fã de carteirinha!!!
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  4. oi sam! parabéns pelo blog! Não sei se vc usa, mas onde posso conseguir injeções de papaverina? já procurei pra todo lado mas não acho, me ajude...

    ResponderExcluir
  5. Oi Andreia,
    Infelizmente não sei onde conseguir, na verdade nem sei do que se trata essa injeção...

    ResponderExcluir
  6. SAM VC Ñ TEM IDEIA DA IMPORTANCIA DESSE TEXTO QUE VC ESCREVEU E O QUANTO ME ESTIMULOU A MUDAR MEUS CONCEITOS E ELEVAR MINHA AUTO-ESTIMA.
    SOFRI UM ACIDENTE DE MOTO E HÁ 6 MESES QUE ESTOU PARAPLEGICO E NOS PRIMEIROS MESES FOI SUPER DIFÍCIL PRA MIM ENCARAR AS PESSOAS DE FRENTE E PODER SAIR DE CASA,DEVIDO A IGNORANCIA DE ALGUNS E TB AOS OLHARES DE PENA. ENQUANTO CADEIRANTE O QUE ACHO PIOR É SER TRATADO DE FORMA DIFERENTE, "COMO SE FOSSE UM COITADINHO".
    MAS AGORA JÁ ESTOU ENCARANDO DE FRENTE ESSA SITUAÇÃO E O SEU RELADO ME DEU MAIS FORÇA E MOTIVAÇÃO PARA QUE ISSO ACONTECESSE.

    OBRIGADO SAM, TE ADMIRO MUITO. VC É O MEU MAIOR EXEMPLO!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Adorei o texto rapaz eu como Caderrante não tenho vergonha mas fico pensando por que oas pessoa olha para nos com cara de dor.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...