domingo, 5 de junho de 2011

Scooter Vita

Este brinquedinho bacana aí é o Scooter Vita, fabricado pela Freedom, que faz também cadeiras de rodas e muitos outros produtos para cadeirantes na fábrica de Pelotas, no Rio Grande do Sul. Fiquei sabendo do produto através do Luciano, da Casa Ortopédica de São Paulo. Ele veio trazer o Vita para o Alfredo, que é daqui de Belo Horizonte, mas tem chácara num condomínio na Serra do Rola Moça (ao fundo na foto abaixo).
O Scooter é elétrico, e além de ser muito bonito, me surpreendeu pela qualidade e tecnologia. Até achei que fosse importado! A poltrona é super confortável e toda regulável, até gira para facilitar a entrada. Ele é meio alto, por isso deve-se ter muito cuidado ao subir. Mesmo eu sendo alto tive um pouco de dificuldade.
Uma vez sentado, é possível também regular a distância do guidon através de uma alavanca. Aí é só girar a chave. O painel é completo e todo digital, mostra velocidade, distância percorrida, carga da bateria, hora e até temperatura externa. Além disso tem computador de bordo com mais um monte de informações. O acelerador e ré são controlados por duas aletas (uma preta e uma vermelha) com dupla função: a do lado esquerdo, empurrando para frente, ele acelera, para trás, dá marcha a ré, e o contrário do lado direito, de forma que a pessoa pode escolher. Muito fácil de controlar e ainda conta com um botão pra regular a sensibilidade. E o freio é automático, é só parar de acelerar que ele freia. Para completar tem ainda buzina, farol, lanterna traseira e até seta!
Dirigir o Vita é muito fácil e prazeiroso. No começo a gente estranha o balanço, mas logo percebe que é só o trabalho da suspensão. É muito estável e encara numa boa as imprfeições do piso. Segurando um pouquinho o acelerador ele pega velocidade, mas nada exagerado, chega no máximo a dez quilômetros por hora, mais do que suficiente para passear por aí. De acordo com o manual, ele tem autonomia para rodar 80 quilômetros com a bateria carregada.
Eu adorei o brinquedinho, deu até vontade de comprar um, mas primeiro tenho que comprar o sítio. Só falta o dinheiro... E por falar em dinheiro, achei o preço dele extremamente justo pelo que entrega: em torno de 14 mil reais. Se pensarmos que uma cadeira manual importada geralmente passa dos 8 mil, um scooter elétrico bonito e bem feito, pela liberdade que dá vale cada centavo, Alfredo está bem satisfeito. Aproveito para agradecer imensamente ao Alfredo e sua esposa Bete, que nos receberam com muito carinho e simpatia. E nos ofereceream um delicioso almoço, sem contar o bate papo e a cervejinha. Deixo aqui um grande abraço para eles e também para o Walter e família, que conhecemos lá. Foi uma ótima tarde de sábado!
Fiz dois vídeos andando no Vita, um na rua e outro na terra. Confiram abaixo:

9 comentários:

  1. olá sam; tudo bem ?
    quando vi seu carro, alguma coisa me disse q era o cara do blog;
    depois tive certeza quando abriu o vidro,
    preciso da sua ajuda,
    faça contato scooby.bh@hotmail.com,
    abraço.

    ResponderExcluir
  2. Eu achava que a Freedom montava esses scooters na Bahia. Conheço razoavelmente bem Pelotas, mas não sabia que a Freedom era de lá. A propósito: scooters elétricos de duas rodas fazem algum sucesso lá, talvez por causa da topografia ser bastante plana.

    ResponderExcluir
  3. Linda perfeita ...mais o preço pode até ser como vc falou que vale .mais a realidade é diferente ,ter um uma dessa por 14 mil é pra quem tem do dinheiro de verdade , tudo que é feito e elaborado pra def. se torna caro .não vejo o porq disso, se um moto custa na media uns 7 mil, isso pra mim é na verdade um exploração...uma bicicleta custa na media uns 500 reais , porque uma pra def. é um absurdo nãaaaaa sem comentarios......

    ResponderExcluir
  4. olá eu também achei muito interessante esse iscuter elétrico mais como disse a neidinha eu também acho um absurdo uma falta de sensíbilidade com nós cadeirantes em relação o preço de cadeira de rodas e outras coisa que precisamos prá nos locomover com certeza o custo benefício pra fabricar esse iscuter elétrico deve ser muito mais barato do que prá fabricar uma moto de 125 cilíndrada que chega a uma velocidade de 140 klm.e custa em torno de sete mil reais em fim como nós temos extrema dificuldade de nós locomover a indústria nos explora eu acho isso uma vergonha e o pior e que ninguém faz nada prá essa exploração parar nenhum político se abilita a nos ajudar decepçáo total

    ResponderExcluir
  5. Achei caro tbém só é barato pra quem pode comprar,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. COMPREI UM DESTE FAZ 1ANO E MEIO, NA CASA ORTOPÉDICA, O SR LUCIANO ME FÊZ EM DOZE VEZES SEM JUROS, E MUITO BOM, NOTA DE 0 A 10 NOTA 8, SÓ PECA NA AUTONÔMIA: QDO NOVAS AS BATERIAS FAZIAM 40KM E PARA DENTRO DE CASA E MUITO RUIM SE A CASA FOR PEQUENA, PQ ESTERCE MUITO POUCO, COMPREI PARA DENTRO DE CASA UM CELEBRITY 3 DA PRIDE, KAPRA E EXCELENTE SÓ E PEQUENO E SE NÃO FOR O PNE BOM DE BRAÇO E REFLEXO E SOLO RSRS

      Excluir
  6. preciso do esquema eletrico do modelocelebrity 3 rodas e possivel agum leitor ou empresa me seder porque aqui nao tem especealista nesse veiculo

    ResponderExcluir
  7. Alessandro: apesar de seu blog ser um pouco antigo foi o único que encontrei de usuário da Scooter Vita especificamente. Eu não sou cadeirante, ando com muletas de antebraço e tenho que fazer muito esforço para caminhar então decidi comprar esta Scooter para passear pela cidade. Tenho também um quadriciclo Shineray 150cc automático, mas que só uso na fazenda. Paguei pela Vita R$14.500,00 com 50% de entrada e o restante na entrega, com frete incluído. Assisti o vídeo original (ela não é fabricada no Brasil), o preço em euro lá é E$2,990 fazendo a conversão com o euro cotado a 2,78 resulta R$8.312,20, sendo que há um ágio de R$6.187,80. Estava em falta na Freedom, esperei 3 meses desde o pedido inicial e só confirmaram nesta semana uma remessa que chegou no porto em Porto Alegre. Antes custava R$13.350,00, acho que subiu por causa do pibão da Dilma. Suas referências corroboraram minha alegria por ter adquirido um produto que com certeza me dará muito prazer, principalmente porque existe uma nova ciclovia na avenida onde eu moro, inteiramente sem obstáculos, percorrendo o canteiro central entre árvores frondosas e jardins floridos, evitando o trânsito infernal de veículos. Paulo, Campo Grande, MS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola´Alessandro quero comprar um quadriciclo Shineray. Você poderia me ajudar?Onde eu compro?
      anjosedu@terra.com.br

      Excluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...