sábado, 2 de julho de 2011

Descaso com esporte para cadeirante

Outro dia eu estava no trânsito, indo para a UFMG, quando um carro emparelhou comigo e o cara gritou "e aí cara, é você que tem um blog pra cadeirantes?" Respondi que sim e o cara, que descobri que se chama Fábio, disse ser cadeirante também e seguidor do blog, e que tinha que trocar uma ideia comigo. Falei para ele me mandar um e-mail e o trânsito andou.
Depois disso mandei meu telefone e o Fábio me contou que mora em Ribeirão das Neves, município perto de BH, e que se eu já enfrento problemas de acessibilidade aqui, a situação por lá é muito pior, tanto de acesso quanto de atenção com os deficientes pelo poder público. A prefeitura de lá chegou a criar em 2007 um projeto chamado NESC, Núcleo Esportivo Social e Cultural, para incentivar o esporte na cidade, inclusive o adaptado, mas hoje ele está abandonado. 
O pessoal até se reúne toda segunda feira, com a ajuda de um funcionário da prefeitura, para praticar basquete adaptado, mas não há nenhuma cadeira própria para o esporte, utilizam a própria cadeira e não há nenhum outro incentivo para o pessoal a não ser o lugar que é disponibilizado. O poder público precisa prestar mais atenção a esses projetos, pois o esporte só tem a acrescentar na vida de quem tem deficiência e vive em cadeira de rodas, além de promover a integração possibilita uma atividade física que contribui muito para o bem estar e para a saúde.
Mas eles não estão sozinhos, na maioria das cidades não há projetos eficientes voltados para o esporte adaptado, geralmente depende de uma ONG ou das próprias pessoas que gostam de praticar esportes, que lutam muito para conseguir um espaço ou qualquer outro incentivo. Cabe a nós cobrarmos e continuar na luta por melhor qualidade de vida.

11 comentários:

  1. E ai amigo começei um trabalho aqui em Brasília, e por aki não é diferente, falta muito para nós PDs, mais creio que se nos unirmos podemos fazer muito.
    Nos ajude a divulgar nosso blog, iremos sortear 03 mascotes do nosso instituto.
    Um forte abraço, pode contar com gente sempre fica com Deus.
    IJEPD-DF.BLOGSPOT.COM

    ResponderExcluir
  2. Unidos somos fortes o bastante para lutar e conquistar melhorias para todos,
    sempre temos que lembrar que desistir não pode fazer parte do nosso vocabulário...

    ResponderExcluir
  3. Olà meu nome e lorrane e conheço este trabalho de perto pois sou prima de uma das participantes do projeto.
    temos a possibilidades de conhecer tudo de perto e acabamos ficando indignados com o descasooooo e a falta de adaptação da quadra e da combi mas admiro muito o esforço do ALEXANDRE e do motorista GILSON com toda dedicasão e carinho oferecido para os meninos espero que este projeto seja mas valorizado e siga em frente........

    ResponderExcluir
  4. oi sou a ROSI uma participante do projeto e amo o basquete e não quero que ele acabeeeeeeee

    ResponderExcluir
  5. eliane linhares de farias14 de julho de 2011 05:03

    oi meu nome é eliane sou de SC..tenho 30 anos e tbm tenho uma pequena deficiencia...
    tenho labios leporinos ....
    sou feliz do jeito que sou e te desejo muitas felicidades tbm bjs
    tudo de bom pra vc

    ResponderExcluir
  6. ola estou muito contente com esforço do blog para mostra uma realidade q poucos conhecem q este projeto ñ se acabe mas ajude outras pesoas

    ResponderExcluir
  7. professor Marcelo....

    sou o professor das duas cadeirantes da foto Rosi e Camila (adoro elas) e já fui professor tb do Agelo, o tb cadeirante, e espero que com o blog a sociedade veja o esforço destas pessoas envolvidas no projeto, que é maravilhoso. Não é pq estão na cadeira de roda que devem ser jogados para escanteio, ao contrário, devem ser motivados. Força galera...precisando de ajuda, conte comigo, ok!

    ResponderExcluir
  8. Oi Camila, Tenho muito orgulho de ter sido sua professora e tenho certeza que vocês(Camila, roseane e ângelo) irão representar muito bem a nossa escola, Ribeirão das Neves e Minas Gerais. Estou morrendo de saudade de vocês. Beijocas, Maria Lucas.

    ResponderExcluir
  9. Meu nome e SÔnia, mÃe da Rosiane. Agradeço a força que os meninos vem recebendo do ALEXANDRE,FABIO e os demais. Que Deus abençÕe a vida de cada um , que caminha para essa jornada.

    ResponderExcluir
  10. sou amigo da caderante rosi, torço para dar tudo certo para ela e para os outros caderantes, que continue saindo mas oportunidade para eles.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...