terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Adaptação veicular universal portátil

Fácil de instalar e de operar, dá ainda mais liberdade para cadeirantes
Sempre digo que uma das primeiras coisas que uma pessoa que sofre uma lesão, ou outra enfermidade que o obriga a utilizar cadeira de rodas, deve fazer, é voltar - ou começar -  a dirigir. E em seguida utilizar as isenções que temos direito para comprar um veículo e adaptá-lo. Isto porque o carro dá uma grande independência, e esta é uma das principais conquistas após sofrer uma limitação.
Só que a gente sempre esbarra em alguns probleminhas. Primeiro, reaprender a dirigir, ou aprender para quem nunca dirigiu. Não era para tão complicado, bastaria fazer auto escola em um carro adaptado. Mas nem toda cidade tem auto escola com carro adaptado disponível. Aí só viajando para outra cidade. Depois, vem a burocracia para conseguir as isenções. E tem o tempo de espera. Resolvida a habilitação e as isenções, vem a compra do carro. Esbarramos no limite imposto para compra de carro, o que limita muito nossas opções, pois precisamos de carros com bom espaço interno, com porta malas grande e itens de tecnologia que facilitam a vida. E ainda tem um problema: não conseguimos fazer test drive, pois as concessionárias não disponibilizam carros adaptados para isto. O que podemos fazer é buscar vídeos de outras pessoas fazendo test drive e comentando sobre as vantagens do modelo para deficientes.
Um equipamento simples, leve (é feito de alumínio) e muito prático.
Depois de penar para encontrar um bom modelo, e finalmente colocar as mão no carro novo, a gente tem que aprender a guardar a cadeira de rodas sozinho no carro. Com um pouco de treino e persistência, conseguimos, e finalmente temos a sonhada independência sobre rodas. Conseguimos sair de casa sozinhos, ir para o trabalho, viajar, passear, mas aí resolvemos viajar de avião. Buscamos um lugar legal, levamos a esposa ou a família toda, e quando chega no lugar, como locomover? Ônibus? Nem sempre estão adaptados. Táxi? Alguns deixam de parar por ser cadeirante. O ideal seria alugar um carro. Como, se as locadoras também não disponibilizam carro adaptado?
Outro problema comum é quando vamos visitar parentes em outras cidades e vamos de avião. Eles geralmente não tem carro adaptado, aí ficamos dependentes da boa vontade deles nos levarem para onde quisermos. Um trabalho para os parentes, um constrangimento para nós, que vemos muitas vezes as pessoas mudarem seus planos para nos atender.
Dirigir com esta adaptação é muito fácil e seguro
O que fazer então? Não seria ótimo se houvesse uma adaptação para carros que a gente pudesse levar para onde quiser? E que encaixasse em qualquer modelo de veículo automático? Seus problemas acabaram! Já existe, há mais de dez nos nos Estados Unidos, uma adaptação veicular universal portátil. Nome comprido e bonito, que se traduz em independência para o deficiente. Sabendo disso, em viagem aos EUA comprei a adaptação que ilustra este post. É uma das várias opções que existem por lá, da marca Quicstick, me pareceu ser a mais bem construída e mais leve, já que é de alumínio. Comprei pelo site da empresa, custou 213,00 dólares já com o frete para o hotel. Meus pais estavam passeando por Orlando e trouxeram para mim. Não houve problema na alfândega, pois o valor está dentro do limite de 500 dólares por pessoa.
Recebi e testei no mesmo dia. O equipamento vem com manual em inglês bem simples, ensina a instalar e operar. A instalação é muito simples, levei menos de 5 minutos para instalar no carro do meu pai. Ele é preso aos pedais por borboletas, a gente aperta com as mãos e fica bem firme. Vem com uma corrente para colocar por trás do pedal do freio por segurança. Depois de apertado nos pedais, é só regular o comprimento de acordo com a necessidade e travar as barras na altura desejada. É muito simples, basta colocar uma trava em cada barra. Prontinho, é só dirigir.
É importante também ter um pomo de fácil instalação para instalar no volante, eu tenho um que é fixado com apenas um parafuso. A aceleração é feita pelo dedão, e é bem suave. Para frear, é só apertar a barra de freio, a resposta é imediata. Apesar da adaptação ficar solta, e não fixa como estamos acostumados, é só apoiar no banco e a gente acostuma. Não senti nenhuma insegurança ou instabilidade na adaptação, dirigi por muito tempo, fiz manobras, baliza, tudo com precisão e segurança. É uma excelente alternativa para usar o carro do pai, do irmão, ou de um amigo quando necessário. E quando a gente viaja, ao alugar um veículo, também pode ser uma mão na roda. Outra aplicação muito boa seria em concessionárias, elas deveriam ter este equipamento disponível para que deficientes pudessem fazer test drive em qualquer veículo automático que deseje comprar. Vejam no vídeo abaixo minhas impressões sobre o equipamento.

9 comentários:

  1. Muito bom mesmo Alessandro, essa adaptação seria muito útil pro meu filho a dia, será que você consegue o contato dessa loja pra que eu possa ligar pra ver como que posso comprar uma e chegar ela aqui pra mim em minha cidade? E parabéns pelo seu trabalho que é de muita importância pra todos nós, grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado. Esta adaptação só é encontrada nos Estados Unidos, o site é www.quicstick.com. Não sei se é possível importar direto, trouxeram para mim.

      Excluir
  2. Boa noite Alessandro. Mais uma vez gostaria de parabenizá-lo pelo belo trabalho no blog e agora pelos lindos gêmeos. Já nos encontramos no BH Shopping, porém, não paramos para conversar. Tenho muita curiosidade sobre essa adaptação portátil. Já tinha visto uma similar no site www.sportaid.com mas sempre fiquei em dúvida sobre o seu funcionamento. Tenho facilidade com a adaptação manual, mas, essa portátil dá segurança para dirigir, mesmo em longas distâncias?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alexandre, obrigado. Ela dá muita segurança, fica bem firme na mão e responde imediatamente aos comandos. Não cansa o braço, já que fica apoiado na perna, portanto mesmo em longas distâncias funciona bem.

      Excluir
  3. Alessandro, eu consigo acelerar com o pé direito. Só preciso adaptar o freio. Você acha que com esse adaptador universal eu consigo adaptar só o freio?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, com certeza. Está adaptação pode até ser dividida, só freio ou os dois.

      Excluir
    2. Valeu obrigado. Teria como eu ver essa adaptação? Tenho um cunhado que poderia trazer para mim em julho

      Excluir
  4. Ola Alessandro. .como faz pra compra uma dessa adaptação portatil

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...