quinta-feira, 23 de abril de 2009

Melhores lugares adaptados pra sair em BH


Um dos maiores desafios na reabilitação de um cadeirante é voltar a frequentar os lugares que estava acostumado a ir. Acho que essa é a maior queixa dos cadeirantes, dificuldade de acesso. Para quem mora em um grande centro, uma cidade de pelo menos 300 mil habitantes, geralmente conta com dezenas de lugares adaptados. Mas quem mora no interior... não quero nem pensar.
Mesmo aqui em Belo Horizonte tem muito lugar inapropriado, que mesmo sendo adaptado, ainda oferece muitos obstáculos, como vaga pra deficiente longe e declive acentuado da rua. Às vezes o lugar é ótimo, espaçoso, com rampa, mas pra chegar lá tem que subir uma pirambeira, em calçada cheia de burracos, com uma cadeira de rodas é terrível.
Alguns lugares tem que ser adaptados por lei, como os cinemas. Mas infelizmente eles reservam as primeiras fileiras para colocar os espaços reservados aos cadeirantes. A não ser uma sala aqui em BH que fez diferente, colocou os espaços na última fileira. São os cinemas do Diamond Mall. Mas é só levar o binóculo...
Vou listar os lugares que na minha opinião são os melhores, considerando facilidade de estacionar, acesso pela rua e qualidade do lugar. Em se tratando de cinema e restaurante, os localizados em shoppings sem dúvida são os melhores, têm vagas pra deficiente bem localizadas (apesar de, ainda que sendo 'vigiadas' por funcionários, tem gente 'normal' que usa), elevadores e rampas em todos os estabelecimentos. Há também lugares que nunca fui, e se puderem contribuir agradeço.

- CINEMA: Cinemark, no Pátio Savassi, Av. do Contorno , 6061. Telefone (31) 3288-3205
Tela de projeção gigante, vagas para deficiente em todos os andares, locais reservados após a quarta fila.
- BAR: Pinguim, na rua Grão Mogol, 157, Carmo Sion. Telefone: (31) 3282-2007
Estacionamento com serviço de manobrista, rampa móvel, preferência para mesa e chopp delicioso.
- TEATRO: Sesi Minas, na rua Padre Marinho, 60. Telefone (31) 3241-7181
Local plano para estacionar, vaga de deficiente próxima, locais reservados em boa posição, no meio da platéia.
- RESTAURANTE: Parrila, no Pátio Savassi; Av. do Contorno, 6061. Telefone (31) 3288-3181
Excelente cozinha, acesso para deficiente por elevador e rampa, atendimento nota dez.

Ainda no ramo de entretenimento cito o Mineirão, pra quem gosta de futebol, tem estacionamento próprio (exigem credencial de carro de deficiente, expedido pela BHTrans), acesso pelo hall principal e local reservado. Porém, os locais reservados não tem cadeira perto, são do tipo 'baia' daquelas em se que põe cavalos (meio depreciativo isso). O melhor lugar pra assistir no nível dos reservados tem escadas, geralmente peço ajuda e desço até o local, bem no meio do campo e com boa visibilidade, e ainda possibilita ficar próximo ao acompanhante (geralmente meu pai, é importante pra discutir os lances).
Entre os botecos, gosto muito do Amarelinho, na Av. Prudente de Morais, 920, que, apesar de não ser bom pra estacionar, vale o sacrifício. E também da República da Esbórnia, na Av. Mário Werneck, 789, Buritis. Tem estacionamento na frente, mas lota rápido, na avenida tem bons lugares em terreno plano.
Dos restaurantes, outros que gosto são o Pizzarela na Av. Olegário Maciel, 2280, que também é difícil pra estacionar, e o Outback, no Pátio Savassi.
No fim das contas, em grande parte dos programas ficamos restritos aos shoppings, mas felizmente contamos com lugares de alta qualidade e preços razoáveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...