sábado, 17 de fevereiro de 2024

As melhores opções de carros para PCD com isenções de IPI e ICMS

Neste artigo, vou apresentar todos os modelos disponíveis para PCD (pessoas com deficiência) que possuem isenções de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). Desde o primeiro de janeiro, entrou em vigor um novo teto de isenção de ICMS no valor de R$ 120.000. As montadoras têm divulgado tabelas de preços com frequência e eu, como especialista no assunto, sempre busco atualizar essa informação e compartilhá-la com vocês. Para facilitar ainda mais, criei uma planilha com todas as opções disponíveis, que você pode acessar pelo link na descrição do vídeo.

Regras das Isenções de IPI e ICMS

Antes de apresentar os modelos, é importante entender as isenções de IPI e ICMS. Para facilitar o entendimento, vou explicar de forma clara e objetiva. Para carros com valor até R$ 200.000, é possível obter a isenção total de IPI. Já para o ICMS, a isenção incide sobre o valor do carro até R$ 70.000. A partir desse valor, é necessário pagar o ICMS. É importante ressaltar que cada estado tem autonomia para definir as regras do IPVA, mas a maioria segue a regra do ICMS. Alguns estados, como Minas Gerais, oferecem isenção total de IPVA, enquanto outros não possuem limite de valor.

Modelos disponíveis para PCD


Agora, vamos aos modelos disponíveis para PCD. Na planilha que criei, você encontrará todas as opções separadas por montadoras. Vou apresentar rapidamente cada uma delas para que você possa ter uma ideia do que está disponível. Clique no link abaixo para acessar a planilha.
https://docs.google.com/spreadsheets/d/1ZaVYxh6cZdohmmixFIQ53zD9pb6LEqg84MKslGala8c/edit?usp=sharing

Automáticos com isenção de IPI e ICMS parcial até R$ 100.000

Os modelos com preço de até R$ 100.000 e que possuem isenção de IPI e ICMS parcial estão na primeira aba da planilha. Essa é uma boa opção para quem busca um carro até esse valor.

SUVs até R$ 120.000 com ambas as isenções


Os SUVs são bastante populares e possuem diversas opções para PCD. Na segunda aba da planilha, você encontrará os SUVs disponíveis com isenção de IPI e ICMS até R$ 120.000. São diversas opções, como o Pulse, Audace, Cashback, Turbo C3, Renegade, Tracker, T-Cross e Creta Action.

Volkswagen


A Volkswagen também possui opções para PCD. Na aba correspondente, você encontrará o Polo, Nivus e T-Cross Sense, todos com isenções de IPI e ICMS. Os demais modelos e versões, apenas com isenção de IPI e bônus de fábrica.

GM

A GM tem uma tabela completa para PCD, com diversos modelos disponíveis, como o Ônix, Ônix Plus, Spin e Tracker. Todos esses modelos possuem isenções de IPI e ICMS, além de bônus de fábrica em algumas versões.

Chery


A Chery possui apenas o modelo Tigo 5x Sport com ambas as isenções. Os demais modelos possuem apenas isenção de IPI e bônus.

Jeep

A Jeep oferece apenas a versão 1.3 Turbo do Renegade com isenções de IPI e ICMS. As demais versões possuem apenas isenção de IPI e bônus de fábrica.

Honda

A Honda possui o modelo City nas versões Hatch e Sedan, na versão LX 1.5 CVT com isenção de IPI e ICMS. As demais versões não possuem bônus, apenas isenção de IPI.

Hyundai


A Hyundai possui diversas opções para PCD, como o HB20 e o Creta Action. O HB20 tem isenção de IPI e ICMS em todas as versões, exceto na topo de linha Platinum Plus. Já o Creta Action possui isenção total para PCD.

Toyota

A Toyota possui o Etios com duas versões na carroceria hatch e duas versões na carroceria sedã, todas com isenções de IPI e ICMS. Além disso, o Corolla e o Corolla Cross possuem isenção de IPI e bônus de fábrica.

Peugeot

A Peugeot oferece diversas opções para PCD, como o 208 e o 2008. Todos os modelos possuem isenções de IPI e ICMS, além de bônus de fábrica.

Nissan


A Nissan possui o Versa Advance CVT, que é uma das melhores opções para PCD. Além disso, o Kicks possui três versões disponíveis, todas com isenções de IPI e ICMS.

Citroen

A Citroen possui diversas opções para PCD, como o C3 automático, C3 Aircross e C4. Todos esses modelos possuem isenções de IPI e ICMS.

Fiat


A Fiat baixou o preço de versões do Fastback e do Pulse para se tornarem opções com todas as isenções para PCD. Ambos os modelos possuem isenções de IPI e ICMS. Argo e Cronos também tem várias versões com todas isenções, e os demais modelos de Fastback e Pulse tem isenção de IPI e bônus de fábrica.

Renault

A Renault, infelizmente, não possui modelos disponíveis com as duas isenções. Apenas o Duster possui isenção de IPI, mas a marca retirou os demais modelos do site. Aguardamos o lançamento do Kardian, que deve ter versões abaixo do teto.

Conclusão

Com todas essas opções, ficou mais fácil para as pessoas com deficiência encontrarem um carro que atenda às suas necessidades e que esteja dentro do orçamento. É importante ressaltar que os descontos para PCD diminuíram nos últimos anos, mas ainda é possível encontrar boas opções com uma média de desconto de 15%. Não deixe de acessar a planilha no link do início da matéria para avaliar com calma todos os modelos disponíveis. Espero que este conteúdo tenha sido útil para você!

Made with VideoToBlog

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2024

Fastback Turbo 200 CVT, a versão de entrada do SUV da Fiat


Um dos SUV compactos mais adequados a pessoas com deficiência. Assim deifno o Fastback Turbo 200 CVT, a versão de entrada do SUV da Fiat, além de ter motor forte e econômico, bom nível de segurança e visual moderno tem o maior porta malas da categoria, direção elétrica muito leve, freio de mão eletromecânico e facilidade para entrar, tanto por quem usa cadeira de rodas quanto quem tem dificuldade de abaixar. 


E ainda tem midia com conectividade sem fio e o volante multifuncional mais completo do mercado. O que me impressionou nesta avaliação foi caber a cadeira de rodas montada no porta malas sem retirar a cobertura! Primeiro modelo que vejo isso acontecer.


O Fastback Turbo 200 atende muitas necessidades mas tem pontos negativos, principalmente espaço interno limitado e ausência de chave presencial. Ainda assim, pelo conjunto da obra acredito ser um dos que chama mais atenção deste segmento.


O preço público hoje (janeiro/24) é R$ 117.790,00 e para PCD com isenção de IPI, ICMS parcial e bônus fica por R$ 101.620,00. Tá bom ou não?


Concordam? Discordam? Comenta aí o que acha do Fastback, se também está entre suas opções ou tem SUV mais interessante no mercado. Eu mesmo estou pensando em entrar num desses!


Vídeo com tudo que entrega essa versão no canal do Blog do Cadeirante no YouTube! Link na bio

Tracker Premier 1.2T, a versão topo de linha do SUV da Chevrolet


O que um bom SUV compacto familiar precisa ter? Eu começaria a responder por segurança, um bom motor, espaço interno e um bom porta malas. Depois eu buscaria conforto, consumo baixo e tecnologia embarcada.


O Tracker Premier 1.2T atende vários requisitos. Em segurança tem seis Air bags, frenagem de emergência, alerta de colisão frontal, sensor de ponto cego, DRL, retrovisor fotocromico e assistente de partida em rampa. Senti falta de ACC e assistente de manutenção em faixas.


O motor 1.2 turbo de 3 cilindros rende bons 133 cv e 21,4 kgfm de torque máximos, e com 1.271 kg faz 9,56 kg/cv de peso/potência e 59,4 kg/kgfm de peso/torque. Na prática as retomadas são rápidas e ultrapassagens tranquilas, sem susto. Esse motor porém tem injeção indireta e comando por correia banhada a óleo, sistema criticado devido ao potencial de desgaste e quebra, o que demanda cuidados especiais. Uma coisa que me incomoda nesse motor é o barulho e trepidação. O câmbio é automático convencional e conversa bem com o motor, suas trocas são suaves.


O espaço interno do Tracker é muito bom, são 2,57 m de entre eixos e na prática tem mais espaço que concorrentes do mesmo tamanho. Não é excelente mas melhor que a média.


O porta malas de 393 l tem bom formato, não consegui colocar a cadeira monobloco de 40cm montada no início, insisti e encontrei um jeito: se a roda traseira ficar bem no meio, encaixa na curva da tampa e fecha sem bater. Ao viajar com a família e lotar o porta malas coube mais coisas do que no Kicks!


Nos demais requisitos o Tracker tem altos e baixos. A ergonomia é boa, bancos em couro, ajustes no cinto, volante e bancos suficientes, mas peca no encosto de braço central, sem ajuste, e nos encostos de braço das portas, duros apesar de bem revestidos.


A tela digital no painel é pequena e aciona através da haste do limpador de para brisa, sistema ruim pra quem está com uma mão ocupada na adaptação. A mídia de 8" com conectividade sem fio e Wi-Fi é boa mas desconecta muito, o que incomoda no dia a dia.


O consumo decepcionou, fez menos de 5km/l na cidade no etanol e menos de 13km/l na estrada.

Enfim, é um bom SUV familiar, mas custa 170 mil reais, pra PCD 145 mil. Acha que vale?

Tiggo 5X Sport 1.5T CVT - o SUV com melhor custo benefício do mercado!


Neste mês estive na concessionária D21 Motors para ver de perto o SUV com melhor custo benefício do mercado nacional: Tiggo 5X Sport. O visual agrada, apesar de ter mais cromados do que gosto, não chega a incomodar. A grade com pontos cromados passa impressão de requinte, bom gosto. As rodas curti muito, tem 17" e casam bem com o design. A traseira podia ter mais personalidade.


O conjunto mecânico é um ponto forte, motor 1.5 turbo de 4 cilindros que rende 150 cv e 21,4 kgfm de torque, aliado a um câmbio CVT de 9 velocidades. Tem tecla Sport e Eco, muda o mapeamento do motor e câmbio. Força suficiente para levar os mais de 1400 kg, mas cobra em consumo. Pelo Inmetro faz 9,9 na cidade e 11,5 na estrada com gasolina.


Para entrar, chave presencial e retrovisor que rebate. Banco do motorista tem ajuste elétrico e o revestimento é em couro. Partida por botão aciona painel digital com informações de computador de bordo e pressão de pneus. A mídia tem 10" mas é um ponto negativo, a conectividade é por fio e o design e funções defasados.


O ar condicionado é digital de uma zona com comandos touch, tem espaço para celular mas não tem carregador por indução. O acabamento é muito bom, bastante couro, soft touch, aço escovado e bons encaixes.


Quem vai atrás tem um bom espaço, mais que a média com 2,63 m de entre eixos. Tem saída de ar traseira mas somente uma porta USB, do tipo comum.


O porta malas é outro ponto negativo, tem apenas 340 litros. Mas o formato é bom, nos meus testes coube uma cadeira de rodas tamanho 40" sem desmontar as rodas, mas muito justo, forçando um pouco. E não sobrou muito espaço para bagagens.


O preço está atrativo, houve redução neste mês de janeiro e para público em geral custa a partir de R$ 114.990,00. Para PCD tem isenção de IPI e ICMS, além de IPVA nos estados em que a legislação segue a do ICMS, e está sendo oferecido por R$ 100.830,38. Sem dúvida o modelo mais completo do mercado. E ainda tem a garantia de 5 anos.


Há desconfiança com a marca, mas conheço proprietários de outros modelos que estão satisfeitos. E aí, vale a compra? É uma boa opção para PCD? Compraria ou acredita que tem coisa melhor?

C3 Aircross Shine 1.0T CVT - o SUV espaçoso da Citröen


Fui conhecer o C3 Aircross na Automax Citröen e gostei da versão Shine, a topo de linha que custa R$ 129.990,00 e para PCD com isenção de IPI e bônus fica por R$ 117.308,00. O porte impressiona, é maior do que aparenta nas fotos e o porta malas também parece maior do que os 489 litros divulgados. Cabe cadeira de rodas montada com folga. Muita folga terão também os ocupantes do banco traseiro, o entre eixos de 2,67 m deixa bastante espaço para as pernas, mesmo com os bancos dianteiros totalmente para trás. Falta, porém, saída de ar traseira, e os comandos dos vidros elétricos ficam no console central, posição ruim para todos.


O acesso ao carro tem um empecilho para quem usa cadeira de rodas, a proteção da parte inferior da carroceria é muito larga, não permite ums aproximação adequada, dificultando a transferência.


O interior é bem espaçoso, as pernas passam fácil por baixo do volante multifuncional com base achatada e sobra um bom espaço acima da cabeça.


A chave decepciona por não ser nem canivete, mas ao ligar o carro o painel digital agrada, bem completo e acertado. A mídia de 10 polegadas com conectividade sem fio é outro grande destaque do modelo. Os bancos em couro são bonitos e confortáveis.


O acabamento, porém, não passa sensação de qualidade, muito plástico com aparência simples. De forma geral achei bonito. Já a segurança foi reforçada pelo acréscimo de dois Air bags, totalizando quatro a partir da versão Feel Pack.


Uma novidade em relação ao C3 Hatch é o piloto automático, presente nessa versão Shine. O botão para acionar, porém, fica no painel do lado esquerdo do volante, em posição ruim.


O grande destaque do C3 é mesmo o motor 1.0 turbo de 3 cilindros que rende 130 cv e 20,4 kgfm máximos, suficientes para levar os 1.216 kg do modelo com tranquilidade. Os números de peso/potência (9,35 kg/cv) e peso torque (59,6 kg/kgfm) comprovam isto. Além da potência, os números de consumo são bem interessantes, faz 10,6 km/l na cidade e 12 km/l na estrada com gasolina.


No fim das contas, o C3 Aircross vai atender uma boa parcela das pessoas com deficiência que precisam de espaço, porta malas, motor forte e econômico e um bom nível de conforto. Concorda?

Renagade 1.3 Turbo AT6 - a versão com todas as isenções para PCD


Renegade 1.3 Turbo AT6 para PCD! A Jeep reduziu o preço da versão de entrada do Renegade para R$ 118.290,00 para que tenha todas as isenções a partir de janeiro de 2024! E ainda é possível incluir qualquer cor do catálogo por R$ 1.700,00, o que aumenta seu preço público para R$ 119.990,00.


O carro vem com motor 1.3 Turbo com injeção direta que rende 185 cv e 27,5 kgfm de torque com etanol, vem com rodas de liga de 17 polegadas, volante multifuncional com direção elétrica, piloto automático, assistente de manutenção em faixa, frenagem autônoma de emergência, seis Air bags, midia de 7" com conectividade sem fio, freio de mão eletromecânico, Cluster digital de 3,5" e aquele acabamento imbatível nessa faixa de preços. Quanto às medidas são 4,26 m de comprimento, 1,80 m de largura, entre eixos de 2,57 m e porta malas de 385 litros (litragem, ou 320 litros VDA).


O grande destaque é o conjunto mecânico, tornando o Renegade o menor custo/cv do Brasil, com números razoáveis de consumo, pelo Inmetro faz 11 km/l na cidade e 12,8 km/l na estrada com gasolina.


O espaço interno é razoável, mas falta saída de ar condicionado para os ocupantes de trás. Tem apenas saída USB e os bancos são em tecido, de qualidade. Ele chegou para esquentar a briga na faixa dos 120 mil reais e principalmente como opção para PCD com isenção de IPI e parcial de ICMS, por R$ 102.900,00!


E aí, seria esta a melhor opção nessa faixa de preços? Ou tem coisa mais interessante no mercado?

XC 40 Recharge Plus - a versão de entrada do SUV Premium da Volvo


XC40 Recharge Plus P6, a versão de entrada totalmente elétrica do SUV mais vendido da Volvo. Com um motor que rende 238 cv e 33,6 kgfm de torque, a bateria de 69 kwh tem autonomia de mais de 400 km no ciclo WLTP. O design sóbrio é elegante chama a atenção pelo conjunto ótico e detalhes em Black piano. Em itens de série tem o que se espera de um veículo Premium, sensor crepuscular, de chuva, de ponto cego, de tráfego cruzado, ACC com Stop & Go, sete Air bags, painel digital de 12 polegadas, Mídia de 9" com Google Automotive, comando de voz, teto solar panorâmico, bancos em couro alcantara com regulagens elétricas, saída de ar traseira, portas USB-C, carregador por indução e acabamento em soft touch.


O entre eixos de 2,70 m oferece excelente espaço para quem vai atrás, mas o porta malas de 414 litros é apenas razoável. Ainda assim, cabe uma cadeira de rodas montada. E o acionamento do porta é elétrico, com botão na chave.


Para carregar o XC40 Recharge é tranquilo, a altura é boa e em carregador ultra rápido promete chegar a 80% em 40 minutos. Mas na prática a carga pode demorar mais de duas horas se a velocidade não subir rápido - claro que aí depende do carregador.


Um SUV de luxo extremamente confortável, com boa autonomia e desempenho muito bom, tem aquele salto que os elétricos dão quando necessário.


Custa R$ 339.950,00 e não tem isenção ou bônus para PCD. Mas já teve no passado, a versão a combustão, quando não havia teto no IPI e a Volvo lançou o programa Volvo For All.


Pra quem busca um modelo elétrico de alto padrão, esperto no trânsito e muito moderno, tem no XC40 Recharge Plus uma boa opção. Seus concorrentes diretos são o Megane E-Tech e BYD Yuan Plus, ambos menos potentes e mais baratos.


Curtiu o SUV de luxo? Gostaria de ter um desses na garagem?

quarta-feira, 29 de novembro de 2023

208 Style Turbo 200 - o hatch com melhor custo benefício do mercado


Tudo que faltava ao hatch compacto 208 agora está disponível e em grande estilo: motor! A aliança com a Fiat permitiu instalar no belíssimo 208 o motor 1.0 turbo mais potente do Brasil, fazendo dele o hatch com menor custo por cavalo do mercado! Nesta versão Style, que já era conhecida pelo excelente custo x benefício, agora tem bastante força para levar o hatch e trazer até um pouco de diversão à condução.


Com excelente comportamento dinâmico, o pequeno hatch esbanja estilo com seu DRL que invade o para choque, com seu painel digital 3D, volante pequeno, mídia de 10" com conectividade sem fio, bancos com revestimento parcial em couro e Alcântara e o amplo teto panorâmico, que faz do seu interior um show à parte.


Porém peca no espaço interno, abertura da porta que dificulta a entrada e porta malas de apenas 265 litros. Ainda tem alguns detalhes chatos como encosto de braço só para motorista, ausência de saída de ar e porta USB atrás e bancos traseiros inteiriços, sem serem bipartido.

No fim das contas é um carro que entrega modernidade, força, estilo e bom nível de conforto a um preço razoável, que faz dele um dos melhores custo X benefício do mercado. Mas não recomendo a pessoas acima de 1,80m.


Curtiu o 208? Acha que é isso tudo ou escolheria outro modelo nessa faixa de preços?

208 Style Turbo 200 1.0T CVT 2023 (130/125 cv -E/G)

De R$ 109.990,00 por R$ 99.156,91 com isenção de IPI

(valor em novembro/23)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...