sexta-feira, 12 de março de 2010

Jangadinha

Logo que comprei a M3, meu primeiro impulso em relação à minha antiga cadeira X foi doá-la. Mas na primeira tentativa descobri um empecilho: precisava encontrar alguém com tamanho compatível, pois colocar uma pessoa em uma cadeira que não seja do tamanho adequado pode acabar de entortar o infeliz.
A coisa é séria, uma cadeira de rodas deve se encaixar perfeitamente nas medidas da pessoa, é como uma roupa, ou melhor, é mais do que uma roupa, pois a pessoa usa todo dia, o tempo todo a mesma cadeira. Quando fui encomendar a minha, os especialistas do Sarah mediram pernas, tronco, quadril e até braços (??). Deve ter a altura ideal de encosto de acordo com a lesão, deve fazer um ângulo correto nos joelhos e deve encaixar bem o quadril pra não ficar "dançando" ou escorregando.
Mas hoje percebo o quanto é importante ter uma outra cadeira de "back up". O título do post, é o apelido carinhoso que a Gi deu pra minha antiga cadeira, de tão grande e desengonçada, ela acha que parece uma jangada (vai entender), mas até que achei bonitinho. E realmente a bichinha é um desengonço, não sei como aguentei tanto tempo com ela. As monobloco são outra coisa pra tocar, pra manobrar, dão outra qualidade de vida, nem compara com essas X trombolhas. Mas ainda são caras comparativamente.
O fato é que está sendo uma mão na roda ter duas cadeiras, deixo a jangadinha na garagem de casa e vou trabalhar, na hora do almoço deixo a M3 na garagem do prédio da empresa, uso a jangadinha em casa, e pego a M3 na empresa de novo. Menos trabalho pra mim e pra quem me ajuda. Na garagem do prédio da empresa o pessoal já acostumou, tem um quartinho onde eles guardam minha cadeira enquanto estou almoçando.
E tem a maior vantagem de ter uma cadeira extra: se por acaso uma estraga (Deus me livre), a outra taí pra me manter rodando enquanto ela vai pra oficina!

Um comentário:

  1. Sam!Acho que você deve doar sua cadeira.
    A antiga cadeira do Milton foi prum rapazinho que usava carrinho de mão como transporte, isso mesmo, carrinho de mão.
    Por mais que a cadeira não seja adequada ao tamando do ganhador, com certeza é melhor do que meios de transporte como carrinho de mão, colo e tantas outras coisas que graças a Deus a gente não conhece.
    Pense nisso, vá no Sarah, na AACD, pergunte aos fisio, com certeza eles acharão alguém.
    Beijos meu brother, na Gi e Belinha tb

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...