sábado, 2 de junho de 2012

Ghost

Acelerador manual Ghost
Ghost - Do outro lado da vida... Quem tem mais de 30 anos deve ter se lembrado do clássico filme com Demi Moore (novinha e de cabelos curtos) e o finado Patrick Swaze. Mas não é do filme que estou falando, mas sim de um revolucionário sistema eletrônico de aceleração montado sob o volante, quase imperceptível, que permite que o usuário acelere através de um simples movimento rotativo (horário ou anti-horário), mantendo as mãos no volante. O sistema é uma evolução do acelerador de aro, aquele montado sobre o volante, com a diferença que naquele modelo a gente tem que empurrar o aro contra o volante.
No Fiat 500 ficou um charme o Ghost na mesma cor do volante
E o nome do equipamento se deve à discrição dele sob o volante. Olhando de cima, mal dá para perceber que há um acelerador de volante ali, só se percebe os encaixes no volante. E o funcionamento dele não poderia ser mais simples: basta deslizar os dedos por baixo do volante para um lado ou para o outro para acelerar o carro. Assim como o acelerador de aro, este mecanismo permite acelerar inclusive durante uma curva, o que pode ser muito útil na estrada ou mesmo na cidade em determinadas situações. Ele conta também com um botão de segurança que desativa o sistema, para o caso em que uma pessoa sem deficiência for dirigir o veículo.
Fiz o test drive do Ghost instalado em um Palio Dualogic pela Hélio Adaptações, representante da Guidosimplex no Brasil. Ele é muito fácil de adaptar, aprendi a lidar com ele na primeira curva. A aceleração é precisa e a resposta imediata, já que é eletrônico. Isso ajuda a ter o carro na mão com mais segurança, já que o sistema "analógico" é mais suscetível a falhas. Clique aqui para ver um vídeo muito interessante diretamente do site da Guidosimplex.
O Ghost é encontrado em Belo Horizonte exclusivamente na Hélio Adaptações, que dá garantia e manutenção deste e todos os outros equipamentos da Guidosimplex. Dirigi por pouco tempo, mas já deu para sentir que vale o investimento!

13 comentários:

  1. Parece ser uma evolução mesmo, porém para um leitor fica algumas dúvidas, como: Para quem não é cadeirante e dirige o mesmo carro (minha esposa por exemplo) terá que utilizar este sistema? Pra quem mora em outro estado como faria para adquirir e instalar o produto? Quanto ao preço, tens uma base?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vilmar, a Luciana na mensagem de baixo esclareceu sua primeira dúvida. Quanto à compra em outro estado, o Hélio tem representantes em vários estados, ligue para (31) 2526-1569 e verifique se seu estado tem um representante. Quanto ao preço, o Hélio ficou de me passar amanhã, aí eu atualizo aqui no blog. Abraço

      Excluir
    2. ALESSANDRO, SOU TETRAPLÉGICO INCOMPLETO, JÁ PILOTEI UM QUADRICICLO QUE EU MESMO ADAPTEI, INFELISMENTE EM SÃO PAULO, BRASIL, GUIDO E COMPAHIA,NÃO TEM CAPACIDADE PARA UMA ADAPTAÇÃO PRA MIM, NA EPOCA UNS 3 OU 4 ANOS ATRAS COMPREI UM HONDA CIVIC AUTOMÁTICO E ADAPTAÇÃO PRA MIM SÓ TINHA AÍ EM BH COM O HELIO ADAPTAÇÕES, A QUAL E IMPORTADA DA ITALIA E SÓ PODERIA SER COLOCADA NO MEU CARRO AÍ, E TINHA QUE FICAR HOSPEDADO EM BH E PAGAR ADIANTASO 50% OU 30%, AÍ ENTÃO DESISTI, MAS E UMA VERGONHA, UMA ABERRAÇÃO NÃO TER EM SP, ALGUEM PARA COLOCAR ESTA ADAPTAÇÃO PRA MIM, POIS MORO EM SÃO VICENTE/SP, E PARA EU IR PARA MINAS TERIA QUE LEVAR UMA COMITIVA, POIS NÃO FAÇO TRANSFERÊNCIA SOU DEPENDENTE 95%, MAIS QDO SENTADO E DFRENTE A UM VOLANTE OU UM GUIDOM ADAPTADO PARA MINHAS NECESSIDADES SOU FERA, QUERI POSTAR ALGUMAS FOTOS E VÍDEO AQUI COMO FAÇO? http://policialbr.com/video/inacreditavel-tetraplegico?xg_source=msg_appr_video ::: FORTE O BLOG O SR EDUARDO ACABOU DE FAZER CONTATO DEPOIS DOU O RESULTADO.

      Excluir
  2. Vilmar, não ficou dúvida sobre a utilização do carro por pessoas sem deficiência. Talvez vc tenha se perdido quando leu o texto, mas o Sam escreveu no post:

    "Ele conta também com um botão de segurança que desativa o sistema, para o caso em que uma pessoa sem deficiência for dirigir o veículo."

    Abraços,
    Luciana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente. Desculpe minha falta de atenção.

      Abração;
      Vilmar

      Excluir
  3. Respostas
    1. O freio é por alavanca mesmo, na foto do Fiat 500 dá para ver a barra um pouco abaixo do volante, é só empurrar para frear.

      Excluir
  4. Acho meio estranho esse sistema, e talvez por influência de uns parentes que trabalharam com aviação eu ainda considero mais confiáveis (ou no mínimo mais fáceis de corrigir falhas) os sistemas mecânicos e hidráulicos do que essa eletrônica cada vez mais sofisticada.

    ResponderExcluir
  5. QUAL O CUSTO DESTE EQUIPAMENTO,FAZ-SE NECESSÁRIO LEVAR O CARRO ATÉ AÍ,IMPRESCINDÍVELMENTE?

    ResponderExcluir
  6. Eu coloquei a adaptação GHOST em meu Corsinha na AdaptAuto, filial da Helio adaptações em São Paulo. É uma excelente adaptação, so não me acostumei com o freio no lado esquerdo e tive que fazer uma alavanca que fica presa no pedal do freio, assim consigo segurar o carro em descidas com curvas. Estou ainda para encontrar uma boa adaptação para o freio que seja homolagada. Por enquanto continuo com a minha gambiarra que esta se saindo muito bem.

    Sucessos para o Blog do Cadeirante.

    ResponderExcluir
  7. Sam, daria pra colocar um freio F1 ao invez desta alavanca? e esta alavanca pode ser do lado esquerdo? Pra quem é do Paraná tem a Fierro Special Cars de Curitiba é representante da Helio adaptações e trabalha com o Ghost e também tem a CD Car que é de Ponta Grossa também representante da Hélio, mas eles não trabalham com o Ghost, espero ter ajudado pelo menos o pessoal do Paraná que tem dúvidas.

    Obs: A Fierro faz a instalação na cidade do cliente cobrando no meu caso 360Km longe R$1300.

    Parabéns pelo blog Sam.

    ResponderExcluir
  8. Como é o nome daquela adaptação q encaixa no volante q tem 3 pinos

    ResponderExcluir
  9. Como é o nome daquela adaptação q encaixa no volante q tem 3 pinos

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...