domingo, 17 de agosto de 2014

Deficiente pode ser motorista profissional

Agora está regulamentado, podemos pegar a estrada
Em 1998, o Cotran, que é um órgão ligado ao Ministério das Cidades, e responsável pela regulamentação do trânsito no Brasil, proibiu a atuação do deficiente físico como motorista profissional, seja dirigindo caminhões, ônibus, vans escolares ou qualquer outro veículo que exigia a habilitação das categorias C, D ou E.
Porém, após muitas batalhas, em 2011, o Juíz Federal de São Paulo, Danilo Almasi Vieira Santos, concedeu o direito a qualquer deficiente de exercer a profissão, afinal, de acordo com a nossa constituição vigente, toda pessoa com deficiência física tem igualdade de tratamento, inclusive, o direito ao trabalho. Muitas pessoas não sabiam dessa possibilidade e podem, junto ao Detran, renovar a carteira de habilitação para exercer a profissão. Porém, o que ainda vemos é muita dificuldade e certo preconceito com relação ao trabalhador deficiente físico.
Ônibus e caminhões adaptados já rodam por aí
Primeiro, vamos falar das dificuldades. Para encontrar um caminhão que seja adaptado para as necessidades individuais – afinal, cada deficiente tem sua particularidade – é uma tarefa quase impossível. O mais fácil é bancar essa adaptação para evitar as demoras na fabricação de um veículo como esse. Os desafios para encontrar as melhores formas para adaptar apeças para caminhão e toda a mobilidade necessária é um grande desafio, porém, não pode ser encarado como algo insuperável, pelo contrário, é possível e deve ser enfrentado. O grande diferencial é não desistir até que o veículo esteja de acordo para que a profissão de motorista seja desempenhada da melhor forma.
A segunda questão é o preconceito. Talvez, os autônomos, donos de seus próprios veículos e negócios não sofram tanto, porém, o motorista que possui alguma deficiência física e que depende da contratação via CLT encontra muita dificuldade para ser contratado. Muitas empresas não possuem em suas frotas os veículos adaptados (e também não estão dispostas a adaptar), porém, há empresas que possuem políticas de integração e que permitem o acesso do deficiente físico ao trabalho como motorista. O desafio é encontrá-las.
O mais importante é não desistir do trabalho. Sabemos o quanto a vida fica mais difícil quando há uma dificuldade, porém, ao desistirmos de lutar por mudanças, acabamos nos entregando a situações que tornam a vida ainda mais complexa. Não deixe se abater pelas dificuldades e encare de peito aberto os desafios da vida. Sim, é possível ser motorista mesmo com alguma deficiência e, se você tem esse desejo, não deixe de realiza-lo.

9 comentários:

  1. onde e qual auto escola devo procurar para fazer a mudança de categoria? ete agora so falamos de leiz mas nao foi apresentado uma pessoa com deficiencia que consequiu fazer a mudança.estou enfrentando serias dificuldades pois todas as auto escolas dizem a mesma coisa ¨Que deficiente fisico nao pode ter categoria proficional

    ResponderExcluir
  2. Hoje com um uso mais frequente do câmbio automático e piso baixo em ônibus urbanos, não ficaria tão difícil fazer a adaptação para que um paraplégico pudesse conduzir. Talvez algum incentivo fiscal para empresas que contratassem motoristas com deficiência ajudasse a quebrar esse tabu.

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho a categoria B queira add a categoria A,sendo q sou amputado da perna direita acima do joelho eu posso ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que sim. Vá denatra e se informa. Eu tenho A B .renovo cada 5 anos em Porto alegre. Tenho meu caro adaptado . Mas a moto ainda não quis adapta. Tem que ter uma roda lateral e freios traseiro no guidao. Também tenho a perna direita amputada. .

      Excluir
  4. Eu tenho a categoria B queira add a categoria A,sendo q sou amputado da perna direita acima do joelho eu posso ?

    ResponderExcluir
  5. eu sou deficiente,mais com trocar um pneu dianteiro do caminhao em lugar que nao tem borracheiro,no caso nunha BR: desenta.como vai subi na carroceria do caminhao,como vai amarra a carga,como vai fazer manunteçao, regular freios,lubrificao,subi e dece,da cabina,Eu trabalhava em caminhao tarque,como carrega na plataforma da petrobras,os bico de carregamento sao pesados e para descarrega tem coloca mangueiras pesadas,uso bengala sera que as emprasas vao mim contrata? espero respostas.

    ResponderExcluir
  6. Ta certo podemos , mais e as oportunidades q nao temos, é muito preconceito! Tenho a minha , meu sonho é trabalhar com caminhao mais tem muitas dificuldades

    ResponderExcluir
  7. Tenho A B para carro e moto adaptado. Dirijo meu carro corolla automático 8 anos . Moto não quis compra e adaptar. Meu sonho desde pequeno é trabalhar em uma empresa de ónibus! Mas depois de perder minha perna direita só consigo dirigir meu carro. Trabalho de porteiro , uso uma prótese direita. Mas meu sonho é poder no futuro próximo uma chance de mudar a categoria para D profissional e trabalhar em um ónibus automático. Meu carro Dirijo com o pé esquerdo ,sendo automático fica fácil acostumar . Quem sabe um dia realizo meu sonho. Para Deus nada é impossível.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...