terça-feira, 12 de março de 2019

10 anos de Blog do Cadeirante

Uma década mostrando que é possível ser pleno e feliz sobre uma cadeira de rodas!!!
Hoje o Blog do Cadeirante completa dez anos no ar!! Dez anos ajudando quem vive em cadeira de rodas!!! Quando fiz a primeira postagem, naquele 12 de março de 2009, eu havia me tornado cadeirante há menos de três anos. Tudo era muito novo ainda e havia pouquíssima informação sobre o dia a dia de um cadeirante. Buscando na Internet, encontrava-se apenas artigos científicos sobre lesão medular e uma ou outra publicação pessoal, ninguém falava sobre a compra da cadeira, os direitos que os deficientes tem, esportes adaptados, aquisição de veículos com desconto, trabalho, família, filhos e muito menos como é viver em uma cadeira de rodas na prática!
Tudo começou em 24 de julho de 2006, após um acidente de moto na UFV
Para sanar esta lacuna, criei o blog com a intenção de ajudar outras pessoas que estivessem passando pela mesma situação, pois naquela época pouca gente tinha noção do que é ser cadeirante! Quem sofria um acidente, por exemplo, perdia os movimentos, algumas funções do corpo e tinha que se virar com isso, além de todos as complicações que poderiam ocorrer. Busquei mostrar de forma simples e direta os desafios e perrengues que vinha e ainda venho enfrentando no dia a dia sobre uma cadeira de rodas. Nunca tive a intenção de mostrar vitimismo nem buscar assistencialismo, meu objetivo sempre foi a divulgação isenta do que enfrentamos e como podemos fazer para contornar e passar por cima de todos os obstáculos!
Viajar é uma das formas de mostrar como podemos ir longe, mesmo sobre rodas
Mais do que isso, sempre mostrei tudo que podemos fazer mesmo com todas as limitações que uma cadeira de rodas nos impõe, como falta de acessibilidade, o desrespeito e preconceito que enfrentamos, e principalmente mostrar que é perfeitamente possível ser feliz e pleno com estas limitações. Busco mostrar as minhas conquistas e o caminho para chegar até elas, ressaltando onde as limitações se mostraram presentes e como as contornei.
Da minha cadeira eu posso abraçar o mundo!! 
Daquela época até hoje amadureci bastante, conquistei muitas coisas, desde um bom emprego até experiências incríveis que jamais sonhei viver antes da cadeira, como as viagens que fiz, os esportes que pratiquei, e para fechar com chave de ouro, a maior alegria da minha vida foi ter os meus lindos gêmeos Anne e Max!!! Passei também por muitos perrengues, principalmente com o agravamento da dor crônica, que hoje é minha única limitante a viver plenamente, contra a qual luto diariamente. A cadeira eu tiro de letra, a dor é que me impede de fazer mais do que faço. E olha que faço muita coisa....
A maior felicidade encontrei nos sorrisos dos meus filhos e da minha companheira
Hoje sou um homem realizado e feliz, e tenho prazer em mostrar para quem quiser que somos parte da sociedade, somos cidadãos como qualquer outro, com a diferença de nos locomover de forma diferente e necessitar eventualmente de acesso facilitado. Continuo firme na luta por um mundo mais inclusivo e justo para quem tem limitação! Juntes-se a mim e vamos fazer o amanhã ser melhor do que hoje! Que venham mais décadas!!!

Um comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...