quarta-feira, 25 de novembro de 2020

Como salvar uma Roho - nível hard

Com criatividade dá para tampar até rasgo!

Quem usa cadeira de rodas está propenso a ter escaras, principalmente na região do glúteo e coxas, onde está a maior pressão por passar longos períodos sentado. Para evitar as temidas escaras, uma das formas de prevenção é o uso de almofadas de ar, como as Roho. Porém elas são muito caras, e por serem importadas estão sujeitas à variação do dólar, que não para de subir. Quem tem uma almofada dessas, deve cuidar com todo carinho, pois comprar uma nova está cada vez mais difícil. Mesmo quem consegue trazer de fora vai pagar uma pequena fortuna para manter o popô a salvo das escaras.
Olha o tamanho do rasgo, num lugar difícil

Eu já havia publicado um post sobre como salvar uma Roho, pois certa vez tive um gomo rasgado e consegui estender a vida útil da minha almofada em mais um ano! Porém acabou rasgando de novo e comprei uma nova no início do ano passado. Porém, com apenas seis meses de uso ela furou. Não sei se essas almofadas estão ficando mais frágeis ou eu dei azar, pois a anterior demorou uns dois anos para furar pela primeira vez. E pra piorar, furou num dos piores lugares, a esquina do canal que leva o ar para os gomos de trás. Nesse ponto é bem difícil os remendos pegarem, pois é curva. Toda vez que coloco remendo ali, em pouco tempo vaza e preciso colocar outro por cima, como na primeira foto. Ou então tenho que retirar completamente o remendo e fazer outro maior pra ver se segura o ar. Depois de umas três tentativas, o furo virou rasgo e ficou quase impossível o remendo segurar o ar. Resolvi então radicalizar. Retirei todo o remendo de novo para avaliar o estrago, como mostra a foto acima.
Cortei o tubo de um coletor urinário
Usei cola de pneu de bicicleta

Peguei um coletor urinário, desses que vem com uma camisinha na ponta e cortei um pedaço de uns 10 cm. Depois de lixar o local e passei cola de bicicleta no pedaço de tubo. Em seguida enfiei o tubo pelo rasgo da almofada e depois empurrei até que o centro dele ficasse bem no meio do rasgo. Acrescentei mais um pouco de cola e esperei quinze minutos. Em seguida recortei o remendo e comecei a aplicá-lo pelo centro, para que a curva do canal ficasse bem vedada. Fui apertando até o outro lado do canal e retirei todo o ar que ficou por dentro apertando bastante o remendo em direção às bordas.
Colocar com cuidado o tubinho é importante

E pronto! Remendo concluído, deixei secar por algumas horas e depois enchi a almofada. Até hoje nenhum vazamento, esse processo já tem quase dois meses!! Valeu a pena o trabalho, com o dólar nos patamares atuais está inviável comprar uma nova almofada.
Bonito não fica, mas funciona


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...