domingo, 22 de março de 2009

E o trabalho, como fica?


Muita gente se desespera em relação ao trabalho quando "vira" cadeirante. Muita gente pensa "não vou mais poder trabalhar, vou ser aposentado por invalidez". Em alguns casos isso realmente acontece, mas só se o cara estiver muito paralisado. O simples fato de ficar paraplégico ou tetraplégico, numa cadeira de rodas, não impede ninguém de trabalhar.
Se a pessoa já estava trabalhando, em primeiro lugar deve acionar o INSS para receber auxílio doença no tempo em que ficar parado, se recuperando. Quando puder voltar, a empresa tem a obrigação legal de adaptar o ambiente de trabalho às necessidades do cadeirante. Se a empresa demitir a pessoa para não precisar adaptar o local, o empregado pode procurar a justiça.
Para quem não estava trabalhando, como eu, abrem-se algumas oportunidades que não podem passar em branco. Estudar para um concurso é uma excelente alternativa. Empresas públicas são obrigadas por lei a destinar entre 5 e 20% das vagas para pessoas com deficiência. As empresas particulares com mais de 100 funcionários também têm esta obrigação legal. A obrigatoriedade foi estabelecida pela Lei nº 10.098 de 2000 e pelo Decreto nº 3.298 de 1999, que definiu as cotas de inclusão (2% para as empresas com 100 a 200 empregados, 3% no caso de 201 a 500, 4% para as que têm entre 501 e 1.000 e 5% para aquelas com mais de 1.000 trabalhadores).
Mas a melhor alternativa, do meu ponto de vista, é a busca por um emprego público. Em alguns casos o deficiente consegue colocação com menos da metade dos pontos conseguidos pelo primeiro colocado da concorrência plena. Apesar de os concursos públicos terem minguado do ano passado pra cá, a carência nos diversos setores existe e este ano promete ser de bons concursos públicos.
Uma outra alternativa, que é a que pratico hoje, é investir na bolsa de valores. Mesmo com a crise e com a queda das ações, quem tem disponibilidade para acompanhar diariamente as oscilações das ações consegue ganhar algum dinheiro aproveitando o sobe e desce das ações. Mas é um mecado muito melindroso, consegue ganhar dinheiro quem estuda e acompanha criteriosamente as oscilações. Para conseguir analisar as ações é importante buscar conhecimento em um livro ou curso voltado para o mercado de ações. Em seguida o investidor deve criar métodos de controle e análise as ações, ou buscar planilhas na Internet para auxiliar nas movimentações.
O negócio é não ficar parado!!

12 comentários:

  1. Nossa meu nome é Larissa tbm sou portadora de necessiddes especiais poxa adorei o que vc escreveu achei muito legal

    Bjo0

    ResponderExcluir
  2. Meu nome é helaine, curso administração, estou fazendo meu TCC, estou querendo fazer sobre o a inclusão de portadores de necessidades especiais no mercado de trabalho, mais estou com duvida como focalizar isso pode me ajuda. desde já agradeço. lannyvieira@hotmail.com
    Helaine vieira

    ResponderExcluir
  3. Helaine,

    acho interessante vc escolher um tipo de deficiencia, se quiser falar de todas o tema é muito amplo e grande chance de vc se perder, faz um recorte nesse assunto

    ResponderExcluir
  4. oi Helaine, sou luciana, sou a dona do comentario acima as 9:42. Eu fiz uma pós e minha monografia foi obre o mercado de trabalho para cadeirantes, só cadeirantes. Esse recorte é imprescindivel pois se vc pegar todas as deficiencias vai ser muito mais dificil poi o mercado de trabalho é muito diferente para uma pessoa que nao enxerga e uma que nao anda,concorda? Existe uma vasta legislação tanto nacional como internacional que fala sobre esse assunto. Se quiser ajuda, estou a disposição.


    grata,

    Luciana

    ResponderExcluir
  5. meu nome e crislane tbm sou cadeirante ainda estudo mais pretendo fazer facudade.

    ResponderExcluir
  6. Olha meu caso é um pouco diferente dos demais. Sou cadeirante por sequela de poliomielite e nunca andei na minha vida. Obviamente sempre sobrevivi vivendo na casa de minha família.
    Essa situação era muito humilhante para mim pois sempre tive o sonho de trabalhar mas parecia piada para meus parentes naquela época.
    Quando adquiri um PC conheci uma parceira também cadeirante de SC e consegui conhecê-la e desde então faz 10 anos que vivemos juntos e temos um filho.
    O problema é que tudo que tentei fazer até agora deu errado. Com o Microcrédito montei uma locadora de games e por causa de assaltos diversos tive de fechar.
    Minha esposa trabalha como auxiliar administrativa numa escola. Mas eu continuo na humilhante situação de desempregado.

    Sempre acusado de ser vagabundo e "vida boa".

    Minha esposa nunca me cobrou nada e nem me joga na cara minhas dificuldades. Mas como homem essa situação está ficando insustentável pra mim.

    Não tenho muito estudo, somente o 2o. Grau completo.

    Preciso de um trabalho que possa me dar uma renda não muito grande. Um salário mínimo já estaria bom.

    Não aguento mais humilhações e já não estou tão jovem assim.

    Me deem uma luz pois minha situação é muito degradante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo, vc pode me ligar? 11 3259 8771 ou 99132 5357 Miriam

      Excluir
  7. Puxa vida, não desanime....hoje as empresas tem uma cota para cumprir( insenção de encargos..etc..)procure alguma agência de empregos, tenho certeza que vai conseguir algo bom...
    O mais importante vc tem, uma esposa que o ama e força de vontade...
    Vá em frente, vc vai conseguir, estou torcendo mto!!!

    ResponderExcluir
  8. Bom dia, tenho uma funcionária que precisa da mesa adaptada nbr 9050, só que não sei de que material é feita, você poderia me ajudar? se possível, gostaria da resposta pelo email: sejudh.dimat@yahoo.com.br

    grato.

    ResponderExcluir
  9. ola, ALESSANDRO, SOU TETRA INCOMPLETO DESDE OUT/2005, GANHEI UM SCOOTER SEAT MOBILE DA BRUDDEN, HOJE PASSOU PARA SEAT MOBILE NACIONAL, O MEU DUROU 5ANOS, ERA FABRICADO POR EMPRÊSA USA, HJ O DO BRASIL NÃO VALE NADA, NÃO COMPREM, COMPREI UM E DEVOLVI DA MUITA MANUTENÇÃO E ENFERRUJA LOGO, E A UM ANO ATRAS CONSEGUI COMPRAR UM MIRAGE VITA, E COMO NÃO E BOM PARA QUEM TEM CASA PEQUENA, ESTERCE MUITO POUCO, 04 RODAS, ENTENDE, E AGORA EM 2012 COMPREI UM CELEBRITE DA KAPRA EXCELENTE, BEM PEQUENO E AGIL, AUTONÔMIA MUITO BOA, SÓ Q TEM Q SER LIGEIRO SE NÃO TOMBA E CHÃO NA CERTA, FUI UMA VÊZ KKK, TENHO FOTO DOS DOIS NO MEU ORKUT ,,VITURINO ,, DE SÃO VICENTE/SP , OBS. A AUTONÔMIA DO VITA NÃO E ISTO QUE SE FALAM ELE NOVINHO,AS BATERIAS FAZEM 40KM/AUTONÔMIA E DEPOIS DE 5MESES SÓ 22 A 25 KM/AUTONÔMIA, VELOCIDADE SIM E 15/16KM/H, MAS E MUITO BOM E CONFORTÁVEL, SÓ O BANCO QUE E MUITO ALTO E ESTERCE POUCO NAS MANOBRAS, QUEM QUIZER SABER MAIS DE SCOOTERES ÉLETRICOS PARA PNE ESTOU A DISPOSIÇÃO, VI_TURINOMACEDO@HOTMAIL.COM - KUT VITURINO

    ResponderExcluir
  10. Olá ,estou elaborando um TCC pois faço curso de Segurança do Trabalho e preciso de algumas informações que não encontro.São elas:
    *Quais são as principais áreas do mercado de trabalho que os cadeirantes atuam?
    *No caso das pessoas que trabalham e que são cadeirantes,gostaría de saber se ja foi feita algum trabalho de Ginástica Laboral no ambiente de trabalho, e se sim, como foi e quais foram os resultados?
    contato:jaqueoliveira-ab@hotmail.com ou junior_mendes0@hotmail.com

    ResponderExcluir
  11. Estamos contratando para serviço temporário em evento em, São Paulo.

    Enviar 2 fotos 10x15 e curriculum para: producao@brazilproducoes.com.br Assunto: Cadeirante

    41 cadeirantes/pessoas com deficiência física para trabalhar de 25 a 29 de outubro.

    Evento: Brasil Game Show

    Data: 25 a 29 de Outubro.

    Local: Expo Center Norte

    Endereço: Rua José Bernardo Pinto, 333 - Vila Guilherme - CEP: 02055-000 - São Paulo / SP

    Referências:

    Ao lado da estação Tietê do metrô.
    Ao lado do Terminal Rodoviário do Tietê.
    Acesso direto às principais entradas estaduais e interestaduais pela via expressa da Marginal do Tietê.
    20 km do Aeroporto Internacional de Guarulhos.
    16 km do Aeroporto de Congonhas.
    Dicas de Metrô e Rodoviária:

    Metrô Tietê, ao lado do Expo Center Norte

    Terminal Rodoviário Tietê, ao lado do Expo Center Norte

    Distância / Rota do Metrô Tietê e Terminal Rodoviário Tietê ao Expo Center Norte:

    2 Km (aproximadamente 3 minutos) - siga na direção norte na Av. Cruzeiro do Sul em direção à Rua Cerqueira Leite, vire a direita na Av. Zaki Narchi, vire à direita na Av. Otto Baumgart, pegue a primeira à esquerda para pegar a R. José Bernardo Pinto

    Táxi:

    Durante o evento haverá ponto de taxi na saída do pavilhão.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...